Grafites e Borrachas – Passando sua ideia para o papel!

Untitled-1

Bom, depois de conhecer mais sobre os tipos de papéis que você poderia usar nas suas criações >> aqui <<, a gente passa para o segundo post da nossa série especial para os amantes e curiosos do desenho: Grafites e Borrachas! Esses são dois instrumentos que nos salvam quando estamos em uma reunião tediosa ou quando uma ideia genial está prestes a se desmanchar no meio dos pensamentos. Que tal conhecer um pouco mais sobre eles e escolher o aliado certo para suas criações?

Grafites

grafites

Os grafites foram utilizados pela primeira vez lááá em 1564, na Inglaterra. Nessa época era usado puro! O lápis que a gente conhece hoje só foi ter essa forma em 1794, quando foi inventado pelo francês Nicolas-Jacques Conté. Os lápis vão da gama 9H (duros e descorados) até o 9B (macios e escuros). Vamos falar de algumas variações :)

1 – Lápis HB e 3B

Ainda que exista uma grande gradação de lápis, não é necessário ter a gama completa para conseguir uma variedade de efeitos. O lápis HB, o mais comum, é ótimo para produzir trabalhos mais delicados. Enquanto o 3b produz traços mais escuros. Com isso você já consegue muitos efeitos legais!

2 – Lápis Aquarelavel

Ótimos para desenhos sutis e mais nebulosos. Só não esquece que o tom aguado pode interferir na linha que você trabalhar, ok?

3 – Lapiseiras

Existem das mais grossas até as mais finas. São bem confortáveis porque dispensam o uso de apontadores.

4 – Lápis de Grafite Redondo

Muito útil para desenhos em maior escala por produzir traços mais grossos. Porém, você pode variar as gradações afiando-o com uma lâmina.

5 – Crayon de Grafite Quadrado

Também é muito útil para desenhos em grande escala. Quando ele for gasto e ficar arredondado, você pode cortá-lo para que ele volte a sua forma original, quadrada.

Borrachas

borracha

As borrachas são ferramentas indispensáveis para os desenhistas – ainda que em aulas e cursos sempre sejam passados exercícios para desenhar sem elas (mas isso tem um motivo, hein!).

1 – Borracha Plástica

Na hora de escolher a sua borracha, evite escolher as de cores baratas. Elas podem manchar todo o seu desenho com tinta e gordura. As brancas são vendidas em versões macias e duras!

2 – Borracha Moldável

Use as mãos para aquecer e moldar antes de usá-la. Ótima ferramenta pra remover resíduos em pó e para criar ótimos efeitos em desenhos a lápis.

Tá achando que acabou, né? Ainda não! Separamos um bônus com dois outros acessórios que podem te ajudar muito nas criações com grafite, papel e borracha, olha só:

**Bônus**

Apontadores

Se você utiliza lápis, ele é ótimo para manter o bico fino e uniforme. Caso o seu não tenha a caixinha para os resíduos, leve com você um pequeno envelope para não se complicar com as raspas!

Fixador

Sabe quando as vezes parece que o seu desenho a lápis apaga com o tempo? Então, acontece mesmo! Mas para evitar isso, você pode utilizar o fixador. Ele é uma espécie de verniz que pode ser aplicado com um pulverizador sobre o desenho. Caso você prefira uma alternativa mais prática e barata, pode utilizar o bom e velho spray de cabelo!

Esfuminho

Trata-se de um bastão de papel firme usado para misturar carvão, grafite, pastéis e outros materiais. Você pode retirar camadas para ficar com a superficie limpa!

Semana que vem a gente volta nesse assunto pra falar de mais acessórios que vocês podem ter nos seus “Kit-Quero-Desenhar”! Ah, os dados desse post foram retirados do livro Desenho da autora Sarah Simblet. Você pode comprar o livro >> aqui <<. Não perca os próximos posts! (: 

O Labirinto Studio é um estúdio multidisciplinar disposto a pensar e tirar do papel soluções voltadas ao design, interação e comunicação. Trazemos em nossa essência a busca pela experimentação e pelo novo.